Mais Recursos, mais saúde

O deputado federal Pepe Vargas foi relator da lei que regulamentou a Emenda Constitucional 29, um avanço na manutenção do Sistema Único de Saúde (SUS). A lei determina quanto os governos devem investir em saúde. Ela exige que o governo federal aumente todos os anos os investimentos na área, na mesma proporção do crescimento da economia.Os governos estaduais devem aplicar 12% das suas receitas e os municípios 15%.”O governo Dilma cumpre essa lei e vem ampliando os investimentos em saúde. No Rio Grande do Sul, Tarso Genro é o primeiro governador que aplica os 12% exigidos à saúde”, afirma o parlamentar.

Mais Médicos 

Como ministro do governo Dilma, PepeVargas, que é médico e investiu muito no sistema de saúde quando foi prefeito de Caxias do Sul, foi encarregado de receber os profissionais de saúde do programa Mais Médicos que vieram trabalhar em municípios do Rio Grande do Sul.

O Mais Médicos foi concebido para suprir a falta de médicos em nosso país. Temos 1,8 médicos por cada mil habitantes, enquanto a Argentina tem 3,2 e a Itália 3,5, para citar só dois exemplos. O programa prioriza a contratação de médicos formados no Brasil e só contrata médicos estrangeiros quando não se apresentam médicos brasileiros. Ele também prevê criar novos cursos de medicina para suprir a falta de médicos brasileiros e está destinando R$ 15 bilhões para construção e ampliação de unidades básicas de saúde, unidades de pronto atendimento e hospitais.

Relacionados