Pepe Vargas tenta impedir corte de recursos federais para Hospital Geral

Região da Serra está entre os possíveis prejudicados, caso a proposta do governo Temer seja aprovada no Congresso Nacional nesta quarta-feira

O governo federal encaminhou para o Congresso Nacional um Projeto que remaneja recursos previstos na Lei Orçamentária de 2018. O governo pretende remanejar um valor de R$ 4.202.590.921,00. Entre os cortes propostos pelo governo Temer no Projeto de Lei do Congresso Nacional (PLN) 04/2018 estão R$ 5,9 milhões que já estavam garantidos no orçamento para reforma e aparelhamento do Hospital Geral (HG) de Caxias do Sul. A matéria deve ser votada nesta quarta-feira (25) na Comissão Mista de Orçamento e ir direto para o Plenário do Congresso. Na tentativa de evitar cortes na Saúde na Serra gaúcha, o deputado federal Pepe Vargas (PT-RS) articulou com o representante da bancada do PT na comissão, o deputado federal Elvino Bohn Gass (PT-RS) a apresentação de uma emenda, que impede a retirada de recursos do Hospital.

“Não podemos permitir que o Hospital Geral que atende 100% SUS a 49 municípios da região da Serra seja prejudicado. Se querem remanejar recursos de uma área para outra que preservem a saúde”, diz Pepe Vargas.

Relacionados