Hospital São José é beneficiado com emenda do deputado Pepe Vargas

O deputado federal Pepe Vargas (PT-RS) esteve em Antônio Prado (RS), na noite desta segunda-feira (30), visitando a Sociedade Hospitalar São José. Além de verificar a atual situação vivida pela instituição, Pepe aproveitou para oficializar ao diretor administrativo, Diógenes Weber, a entrega de uma emenda parlamentar no valor de R$ 200 mil que serão empregados para o custeio do hospital São José, que atende a 13 municípios da Serra gaúcha, sendo pelo menos 65% dos atendimentos pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Essa não foi a primeira emenda que o parlamentar destinou para o São José. Uma outra no valor de R$ 150 mil foi utilizada recentemente para a aquisição de equipamentos. No mandato de deputado, Pepe, que também é médico por formação, tem priorizado destinar as emendas parla mentares para os hospitais da região. O parlamentar chamou a atenção para as dificuldades que as instituições que atendem pelo SUS enfrentarão, devido à aprovação da PEC 241, que resultou no congelamento de recursos da Saúde. “Temer acabou com o percentual da receita corrente líquida, revogando o mínimo constitucional a ser investido pela União na Saúde. Isso significa que no ano que vem, o orçamento da Saúde será o valor de 2018, corrigido pela inflação e se aplicarmos essa regra, nos próximos dois anos serão R$ 12 bilhões a menos na saúde”, alertou. O teto para gastos primários do governo acaba com as políticas sociais, pois congela as despesas para a área da saúde, educação, assistência social, para as despesas previdenciárias e para os investimentos da União nas obras públicas.

Fundado em 1º de janeiro de 1955, o Hospital São José, é referência para 13 municípios em Cirúrgica, Obstétrica, Pediátrica, Cardiológica. Integrado ao Hospital estão o Centro Clínico São José, centro multiprofissional com diversas especialidades médicas e o Centro de Diagnóstico por Imagem São José que oferece os serviços de raio-x, mamografia, ecografia e tomografia.

A visita foi acompanhada pelo ex-prefeito de Antonio Prado, Nilson Camatti, a vereadora Sirlei Stédile (PT) e o ex-vereador Gilmar Bellé (PT).

Relacionados