Pesquisar
Close this search box.

Pepe participa de audiência pela instalação de campus do IFFar em Cachoeira do Sul

Pepe Vargas

Pepe Vargas

A população de Cachoeira do Sul, nesta quarta-feira (09), debateu a instalação de uma unidade do Instituto Federal Farroupilha (IFFar) na cidade, durante audiência pública realizada na Câmara de Vereadores. Neste ano os institutos federais completam 15 anos e para marcar a data, o governo Lula consolidará as unidades já existentes e anunciará a expansão do número de campus em todo o Brasil. Cachoeira do Sul é uma das cidades-candidatas para sediar o campus.

O deputado estadual Pepe Vargas (PT) parabenizou a população pela mobilização e lembrou que, ainda na campanha, do seu primeiro mandato, o presidente Lula apontava a necessidade de interiorizar o ensino técnico profissionalizante. “Essa ideia se ampliou para a criação dos institutos federais, hoje espalhados em todo Brasil”, ressaltou o deputado. O parlamentar recordou os cortes significativos no orçamento da educação nos últimos anos, com a instituição da Emenda Constitucional 95. “Tivemos um momento difícil para Universidades e Institutos e, atualmente, abre-se um espaço para expansão dos institutos com a votação do novo arcabouço fiscal e revogação da Emenda Constitucional 95”, destacou. “É possível voltar a sonhar com a expansão da educação pública de qualidade para o interior”, garantiu o deputado.

A audiência contou com a presença da reitora Nídia Heringer do Instituto Federal Farroupilha. Ela explicou que o IFFar é uma instituição de educação pública e gratuita que faz parte da rede de institutos federais. O IFFar oferece ensino médio integrado, cursos técnicos, tecnólogos, graduação e pós-graduação em diferentes eixos. São 180 cursos em 11 unidades, localizadas nas regiões Centro-Oeste e Noroeste do Rio Grande do Sul.

O instituto possui sede em Santa Maria e, segundo a reitora, é possível criar de 6 a 7 novas unidades no Estado, conforme proposta do Governo Federal. Ela explicou que a implantação do novo campus em Cachoeira do Sul vai precisar da contrapartida pelo município, a ser ofertada por meio de carta de intenções ao Ministério da Educação (MEC), além de infraestrutura, transporte público, segurança e abertura de concurso público para contratação de 70 docentes, 45 técnicos administrativos. O novo campus tem capacidade para abrigar até 1400 alunos, com previsão inicial de dois cursos técnicos integrados ao ensino médio PROEJA e, posteriormente, com a instalação dos cursos superiores. “ Acreditamos que ninguém melhor do que a sociedade para definir os cursos a serem implantados no seu Campus”, afirmou a reitora.

A audiência proposta pelo deputado estadual Valdeci Oliveira (PT) contou com as presenças da deputada estadual Laura Sito (PT), do prefeito José Otávio Germano, do vereador Magaiver Dias e da representante do Secretário de Comunicação Social, Paulo Pimenta, Michele dos Santos.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp

Notícias Relacionadas